"Você ora quando está aflito ou precisa de algo; mas também poderia orar na plenitude de sua alegria e em seus dias de abundância." Khalil Gibran

"Eu amarei a luz porque me mostra o caminho, mas eu vou suportar a escuridão porque me mostra as estrelas" Og Mandino

segunda-feira, 27 de junho de 2011

DIGA-ME COM QUEM ANDAS ..., E DIREI QUEM SERÁS!

Pv 13.20 diz: "Anda com os sábios e serás sábio, mas o companheiro dos tolos sofre aflição".
Nossa vida tem tudo a ver com as companhias que escolhemos.
Não são apenas as pessoas com quem nós nos relacionamos pessoalmente que exercem influência no nosso destino, mas também aquelas com as quais nos relacionamos indiretamente. Os relacionamentos indiretos são aqueles que ocorrem, por exemplo, enquanto assistimos a um filme, ou enquanto lemos um jornal, livro ou revista.

Pessoas destinadas ao sucesso, são muito seletivas em relação a estas "companhias". Você já parou para pensar quanto tempo você passa na internet, ou assistindo algo na TV? De fato estes estão entre os relacionamentos mais importantes nos dias atuais. Se você está investindo seu tempo junto a bons amigos, bons livros, enfim, boa companhia, seu futuro deverá ser brilhante. Entretanto, a medida do tempo que você reserva para as más companhias, programas e pessoas inconvenientes e erradas, é a medida da aflição que estará semeando para sua vida.

domingo, 19 de junho de 2011

Jesus não é uma máquina de venda automática



Muitas vezes só procuramos a Jesus quando estamos precisando de algo. E se para nós a espera da resposta dEle é demorada logo nos revoltamos. Temos que aprender a depender de Jesus e vivermos em uma vida de comunhão diária. O vídeo abaixo mostra muito bem isso.
“Buscar-me-eis e me achareis quando me burcardes de todo vosso coração” Jr 29:13

domingo, 12 de junho de 2011

Quatro Estações - Kleber Lucas e Meu Mestre - Irmão Lázaro


Estas Músicas são Linda D+ !!! Tanto QUATRO ESTAÇÕES e MEU MESTRE, deve-se ouvir inteira e analisar a mensagem, e não ficar somente ouvindo o refrão.

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Conhecendo o Espírito de Mansidão

A UNÇÃO DO FRUTO DA MANSIDÃO - (prautē). πραοτησ

(Dia 05/06/2011)
TEXTO: “Mas o fruto do Espírito é ... Mansidão” (Gl. 5:22) prautē
INTRODUÇÃO
O número oito na lista do fruto do Espírito Santo (Gálatas 5:22.23) é  prautēpalavra grega traduzida por mansidão, ou brandura, ou ainda suavidade. O que é a qualidade de brandura ou suavidade? Certamente no sentido bíblico não é fraqueza, nem é rebaixar-se nem menosprezar-se.
R. N. Chaplin comenta: “Trata-se de uma genuína falta de maldade e aspereza, de mistura com as qualidades da paciência e da gentileza. Trata-se de uma submissão do espírito humano para com Deus; e, em seguida, para com o homem. A mansidão é resultado da verdadeira humildade, por causa do reconhecimento do valor alheio, com a recusa de nos considerarmos superiores. Deus é a fonte dessa graça, e Cristo Jesus é o seu exemplo supremo, o que demonstrou em todo o seu modo de tratar os homens.”
Mansidão é suavidade, indulgência para com o fraco e errado, sofrimento paciente ao receber injúrias sem sentir um espírito de vingança e até equilíbrio em todas as paixões e temperamento, o completo oposto de raiva. (Clarke)

E quando o pecado não incomoda mais...

 
Em Efésios 4.19, Paulo fala que alguns tinham perdido a sensibilidade e se entregaram a dissolução. Perderam a sensibilidade, neste caso, significa que eles perderam a capacidade de sentir o grau da gravidade do seu pecado. Eles não se  incomodam mais com o erro (pecado).
Há um sentido, de libertinagem, nesta palavra. Dá a ideia que a pessoa dissoluta tem direito de fazer o que faz.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...