"Você ora quando está aflito ou precisa de algo; mas também poderia orar na plenitude de sua alegria e em seus dias de abundância." Khalil Gibran

"Eu amarei a luz porque me mostra o caminho, mas eu vou suportar a escuridão porque me mostra as estrelas" Og Mandino

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

A oração simples - Ed René Kivitz

Não existe oração errada. Aliás, a oração errada é aquela que não é feita. A Bíblia Sagrada ensina que se deve orar a respeito de tudo. Orar por qualquer motivo, qualquer hora, qualquer lugar, sempre que o coração não estiver em paz. Tão logo o coração experimente apreensão, preocupação, medo, angústia, enfim, seja perturbado por alguma coisa, a ação imediata de quem confia em Deus é a oração.

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

REFLEXÃO: ANO NOVO CHEGANDO "O Deus de Israel será a vossa retaguarda." - Isaías 52.12


Proteção contra o passado "Deus pede conta do que passou." No fim do ano, olhamos com grande expectativa tudo o que Deus tem para o futuro, mas mesmo assim podemos ficar ansiosos ao lembrar-nos dos dias de ontem. O presente gozo da graça de Deus pode ser reprimido pela recordação dos pecados e falhas de ontem. Mas Deus é o Deus do nosso passado, e permite que lembremos dele a fim de transformá-la numa lição espiritual para o futuro. Deus nos lembra do passado para que não nos resguardemos na segurança superficial do presente.
Segurança para o amanhã "Porque o Senhor irá diante de vós " Essa é uma revelação da misericórdia de Deus, a de que ele nos protegerá, quando não nos protegemos. Ele vigiará para que certos obstáculos não nos façam recair nas mesmas falhas, como certamente o fariam se ele não fosse a nossa retaguarda. A mão de Deus se estende ao passado possibilitando-nos manter a consciência limpa.
Segurança para hoje "Porquanto não saireis apressadamente. " À medida que nos aproximamos do novo ano, não o façamos com a pressa da alegria impetuosa ou da irreflexão impulsiva, ...mas com a força paciente da certeza de que o Deus de Israel marchará adiante de nós. Nosso passado apresenta-nos falhas irreparáveis; é verdade que deixamos passar oportunidades para sempre perdidas, mas Deus pode transformar essa ansiedade destrutiva em uma construtiva reflexão para o futuro. Deixe o passado no esquecimento, mas deixe-o nas mãos de Cristo.
Entregue a ele o irreparável passado, e entre com ele no irresistível futuro.


Inesquecíveis - kalebe - Brilha Jesus

Para o nosso Lindo Ano de 2011 que vem chegando, esta é a música que tem que estar presente em nossa vida.... BRILHA JESUS !!!

domingo, 12 de dezembro de 2010

Zé Bruno: 'Se Deus está no controle eu não posso reclamar da luta'


Ex-membro da Renascer em Cristo fala, em entrevista, sobre algumas mudanças ministeriais

Ele foi pastor, passou a ser bispo e agora volta a ser pastor. José Bruno, que também é deputado estadual (DEM), fez parte da Igreja Batista, da Igreja Renascer em Cristo e hoje é líder da Igreja A Casa da Rocha.
Completando um ano em Fevereiro, a nova igreja possui, de acordo com o pastor José Bruno, cerca de 800/900 pessoas cadastradas e aos domingos recebe cerca de 1100/1200 pessoas.
Ao falar sobre o fato de iniciar uma nova igreja, José Bruno não faz rodeios: "Existem dois folclores. O folclore da maldição, porque quando alguém sai de uma igreja e começa outra ele é maldito, então é o folclore da maldição, de que está tudo errado, heresia; e o folclore de que está 'explodindo', tem 10 mil pessoas, e não tem".
Em fase de mudança ministerial e adaptações, o pastor concedeu uma entrevista exclusiva ao GUIA-ME, explicando o motivo de algumas dessas mudanças e desse novo caminho. Confira:

Banda Resgate - London ( Simplesmente Demais !!! )

sábado, 11 de dezembro de 2010

Pastor Zé Bruno, A Casa da Rocha Igreja Cristã: 'Hoje a liderança evangélica é exaltada por títulos'


Ex-membro da Renascer em Cristo fala, em entrevista, sobre algumas mudanças ministeriais.


Ele foi pastor, passou a ser bispo e agora volta a ser pastor. José Bruno, que também é deputado estadual (DEM), fez parte da Igreja Batista, Igreja Renascer em Cristo e hoje é líder da Igreja A Casa da Rocha.

Em fase de mudança ministerial e adaptações, o pastor concedeu uma entrevista exclusiva ao GUIA-ME, explicando o motivo de algumas dessas mudanças e desse novo caminho. Confira:
Sua vida ministerial passou e está passando por algumas mudanças e uma delas é que o senhor não é mais chamado de bispo e sim de pastor. Por quê?
Tem vários aspectos, a gente pensou muito a respeito disso. O primeiro aspecto importante é que eu não acredito que o título que uma pessoa usa esteja ligado à unção que ela tem; essa é uma visão do antigo testamento. No antigo testamento você vê Pedro se autodenominando presbítero e era apóstolo; a gente vê Paulo defendendo seu apostolado e não o seu título de apóstolo, defendendo aquilo que ele tinha o direito de desempenhar no ministério. 

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Esta é a Bancada Evangélica!!! Oremos por Eles!!!


Estou colocando alguns dados, referente as eleições que passaram.

Levantamento até o momento dá conta de que a bancada evangélica cresceu bastante no Congresso Nacional. Deputado João Campos, Presidente da organização, foi o mais votado do PSDB em Goiás. Deputado Walter Pinheiro,(PT/BA, um dos baluartes da FPE, elegeu-se Senador. Agora são cerca de 70 deputados, número a confirmar, e 3 senadores. Pastor Pedro Ribeiro, um ícone da Frente Parlamentar Evangélica, ferrenho na luta contra o aborto, a legalização das drogas e a união civil entre pessoas do mesmo sexo, ficou na segunda suplência do PR no Ceará. Entre os estreantes na Câmara estão a cantores gospel Lauriente, Marcelo Aguiar e o renomado Pastor Marco Feliciano.



Bancada evangélica na Câmara cresce quase 50%

São 63 deputados e 3 senadores, entre bispos, pastores e integrantes das igrejas; grupo só perde para PT e PMDB, partidos com maior número de representantes no Congresso
Marta Salomon - O Estado de S.Paulo
Com o ataque à descriminalização do aborto e ao casamento gay como bandeiras, a bancada evangélica aumentou sua participação no Congresso Nacional em quase 50%. A bancada de bispos, pastores e integrantes das igrejas evangélicas saiu das eleições de domingo com mesmo número de parlamentares do PSDB. Só perde agora para as bancadas do PT e do PMDB, partidos com o maior número de representantes no Congresso.
Levantamento feito pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap)registra a reeleição de 32 dos 45 parlamentares da bancada e a eleição de mais 34 integrantes de igrejas evangélicas. Com Assembleia de Deus à frente na contabilidade, a bancada tem agora 63 deputados e 3 senadores.
Os números mostram que a bancada evangélica reverteu o desfalque sofrido nas eleições de quatro anos atrás - e que interrompeu um crescimento iniciado nos anos 80.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...