"Você ora quando está aflito ou precisa de algo; mas também poderia orar na plenitude de sua alegria e em seus dias de abundância." Khalil Gibran

"Eu amarei a luz porque me mostra o caminho, mas eu vou suportar a escuridão porque me mostra as estrelas" Og Mandino

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

REFLEXÃO: Como Reagir numa Situação Difícil!

Dois missionários viveram a adoração de uma forma muito profunda. Refiro-me a Paulo e Silas. As circunstâncias eram completamente desfavoráveis, mas eles encontraram forças através do ato da adoração. O interessante é que eles estavam ali por serem verdadeiros adoradores. O homem ou a mulher que tem o coração aberto para fazer a obra de Deus vai pagar um alto preço. Parece assustador, mas é assim mesmo. Todo adorador que deseja ser aprovado primeiro tem que ser provado. Saiba que você será muito provado se quiser fazer a vontade de Deus.

Não se queixe! Dê glórias a Deus. Adore-o! Depois de muitas visitas e pregações da palavra, agora, Paulo e Silas se encontravam presos em uma cadeia de segurança máxima; atrás das grades. Viveremos também os nossos dias de “grades” pelo compromisso com a nossa fé. E isso poderá acontecer depois de um grande sermão, com muitas conversões, onde o fogo da glória de Deus se manifestou. Poderá ser depois de uma viagem missionária ou de qualquer outro projeto que tenhamos realizado. Haverá dias de “prisões” na vida de um verdadeiro adorador que não se cala diante das afrontas. Prepara o lombo!
O que dizer do profeta Elias que chamou para o confronto os quatrocentos e cinqüenta profetas de baal e os quatrocentos profetas do poste-ídolo? Deus o honrou de uma forma tremenda, destruindo todos eles. Depois, Elias ora pedindo chuva, pois há três anos e meio não chovia. Deus abriu as comportas dos céus e foi muita água. Elias viu o poder e a glória de Deus no seu ministério, mas por um momento ele temeu e tremeu diante de uma mulher chamada Jezabel que era a personificação do próprio diabo. Ele correu para se esconder em uma caverna, pois o medo e o desanimo tomara conta de seu coração. O homem a quem Deus chama e entrega-lhe um ministério pode até viver essa experiência e correr para as cavernas da vida, mas o próprio Deus virá de encontro a ele. As cavernas e as grades não podem segurar um profeta que Deus tenha levantado. Jamais! “Ali, entrou numa caverna, onde passou a noite; e eis que lhe veio a palavra do Senhor e lhe disse: Que fazes aqui, Elias?” (I Reis 19:9)

O Deus que visitou o profeta Elias naquela noite de caverna, é o mesmo que nos visita ainda hoje. Ele está vindo ao teu encontro! Quantos “Elias” que Deus levantou nessa terra trocaram os púlpitos pelas “cavernas”? Deixaram de sonhar os sonhos de Deus por causa das ameaças de uma “Jezabel” que se levantou contra o seu ministério. Preferiram silenciar a sua voz profética. Entretanto, Deus há de honrar os seus profetas, independente das lutas que estejam enfrentando. Os “Elias” que o Senhor levantou nessa geração, não permanecerão aprisionados pelas cavernas da existência. Eles sairão delas completamente restaurados e curados. Ei, profeta! Essa luta vai passar e Deus vai te exaltar nessa terra (...).
Paulo e Silas poderiam ter argumentado com Deus da seguinte forma: “Senhor que prova é essa? Nós não estamos entendendo! Viajamos muitos quilômetros para fazer a tua obra e agora o Senhor permite que estejamos nessa situação de vergonha. Senhor nós não merecemos esse tratamento! Onde está o hotel cinco estrelas com aquele banho quente e aquele jantar saboroso? E aquele travesseiro macio. Afinal de contas, tivemos um dia muito agitado, precisamos descansar”. Eles não abriram a boca para a murmuração. Eles adoraram naquela prisão escura e fétida. A adoração que é gerada nas “prisões da existência” traz a verdadeira luz e a fragrância de Cristo. Os adoradores, que buscam agradar o coração de Deus, passarão por essas experiências. E só um adorador pode ser aprovado nesses tipos de provações. Sabe o que a Bíblia nos diz a esse respeito? “Não vos sobreveio tentação que não fosse humana; mas Deus é fiel e não permitirá que sejais tentados além das vossas forças; pelo contrário, juntamente com a tentação, vos proverá livramento, de sorte que a possais suportar” (I Coríntios 10:13).
A palavra tentação nesse texto, também pode ser traduzida como provação. E Deus pode provar o coração de um adorador. Ele mesmo diz que somos capazes de suportar essas provas. Então, se isso vier a acontecer é sinal de que Deus tem algo de bom para a tua vida, para tua família, para teu ministério, e continue dando Glórias! 
Abraços, Boa Tarde!!! Deus Abençoe!!!

3 comentários:

  1. A experiência de Paulo e Silas é muito inspiradora, que possamos também adorar a Deus em meio às crises da vida!

    ResponderExcluir
  2. Ola querido e amado de Deus!!!
    Estive sumida por uns dias pois tive alguns problemas com a internet mas hoje estou aqui novamente...E que grande surpresa eu tive ao ler este texto pois tenho passado por cadeias as quais muitas vezes tenho pensado em desistir mas sempre que penso Deus vem ao meu favor me mostrando que quem esta no controle da situação e Ele e não eu!!!
    Quando entregamos nossa vida e nosso Ministério a Deus nos temos que tomar o lugar de servo e não de Comandante...e ai sim tudo ira bem em nossas vidas.Você é um servo de Deus comprometido com o reino e isso esta claro pra mim e todas as pessoas... e desde ja profetizo bençãos sem medidas na sua vida e cadeia nenhum prendera sua vida pois você é um verdadeiro adorador.
    HAA e muito obrigado pelo carinho de sempre comentar meu post eu fico imensamente feliz!!!Boa noite.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...